segunda-feira, 26 de abril de 2010

UMA GRANDE SAUDADE!


DIAS IDOS

Hoje vou me transportar
E viajar serena nas asas da
Imaginação
Procurar nas ruínas da minha
Inocência
Os meus tempos de criança
Não quero cobranças!
Vou apenas imaginar
Que o tempo não passou
Que os dias da minha meninice
Estão guardados numa linda
Caixinha
Que ainda pulo amarelinha
E brinco de cai não cai
Que os meus cabelos negros
Ainda escondem os afagos do
Meu pai
E os braços da minha mãe
Me livram de todos os medos
Sou criança sem segredos!
Só assim levarei a vida
Não como um fardo pesado
Mas como o mais lindo e puro
Cristal lapidado!


Simplesmente Teresa

Um comentário:

Simplesmente Teresa disse...

Olá!
...Obrigada pelo carinho em postar um poema meu em seu blog.
É uma grande honra fazer parte do seu CANTINHO FELIZ...Tbm estou feliz! Beijos com carinho.